A Apple confirma suspeitas de donos de iPhones antigos, e confirma que os aparelhos ficam mais lentos propositalmente conforme fica mais velho.

iPhone modelo mais antigo (Foto: Divulgação)

Alguns usuários do Smartphone acusavam a Apple de deixar os aparelhos celular mais lentos para obrigar os usuários a comprar modelos mais novos, mas a fabricante afirmou que isso ocorre porque a bateria de íon-lítio perde performance com o tempo. O objetivo seria aumentar a vida útil do celular e evitar o desligamento sozinho do aparelho.

Esta pratica foi confirmada após um usuário publicar os resultados dos testes de performance do seu iPhone 6S no fórum Reddit, onde mostrava que o celular ficava mais lento enquanto envelhecia e melhorou repentinamente com a troca da bateria.

Então o site Geekbench, também analisou vários iPhones com diferentes versões do sistema operacional iOS, e afirmou que de fato pareciam que alguns ficaram mais lentos de propósito.

Resposta da Apple

A Apple disse ter realizado atualizações do sistema operacional, com mudanças para corrigir a piora da bateria de íon-lítio e “oferecer a melhor experiência de performance para os consumidores”.

A empresa afirma que, com o tempo a bateria perde a capacidade de fornecer energia para o aparelho funcionar na sua capacidade máxima em momentos de pico de uso. Isso acontece ao envelhecer ou em condições de frio extremo, quando estão com a carga baixa, para impedir que isso danifique seus componentes o celular se desliga sozinho nestas condições.

A fabricante afirmou ter liberado no ano passado, com uma atualização do iOS, um recurso para iPhone 6, iPhone 6S e iPhone SE para resolver esse problema. Na prática, isso limita a performance do smartphone, reduz a demanda por energia nos picos de uso e impede que o telefone apague de repente.

“Agora, liberamos isso para o iPhone 7 com iOS 11.2 e planejamos dar suporte para outros produtos no futuro.”

Porque as Baterias perdem Performance

Isso acontece devido ao ciclo de carga e descarga da bateira. Tanto na carga como na descarga da bateria, os íons migram entre os eletrodos positivos e negativos da bateria, atravessando o eletrólito, material que forma a bateria, normalmente uma composição de sal de lítio e uma solução orgânica.

apple iphone carregando
iPhone Aplle Carregando (Foto: Internet)

Alguns estudos realizados apontam que, cada vez que os íons fazem isso, eles causam pequenas mudanças na estrutura do eletrólito. O efeito é parecido com “à ferrugem se espalhando de forma desigual pelo aço”, segundo um cientista que estudou o fenômeno.

Essas alterações, prejudicam a capacidade da bateria de reter uma carga e de ser uma fonte de energia constante, devido uma erosão do material causada por estas mudanças.

Voltagens mais altas podem acelerar a erosão, assim como temperaturas mais elevadas.

Foi um erro a Apple não avisar os Consumidores?

A Apple resolveu fazer a atualização para corrigir o defeito das baterias sem fazer alarde, mesmo sendo um benefício para os usuários não pegou bem. Isto porque uma simples troca da bateria resolve o problema, sem saber o motivo da lentidão, deu a entender que a empresa estava fazendo uma manobra para forçar os usuários a trocar de aparelho.

“Ao escolher implementar isso sem alarde, parece ser algo mais nefasto do que realmente é. Isso não inspira confiança”, escreveu o blogueiro Nick Heer.

Na visão de John Poole, do blog Geeckbench, “isso faz os usuários pensarem ‘meu telefone está lento, tenho de trocá-lo’, e não ‘meu telefone está lento, tenho de trocar a bateria'”.

“Entendo os motivos deles, mas deveriam ser mais transparentes sobre isso”, disse o consultor de tecnologia Chris Green, da empresa Bright Bee.

“Você está limitando a performance pela qual alguém pagou. Se você vai tornar o telefone mais lento com o tempo, deveria dizer que é para mitigar o problema da piora da bateria, para que as pessoas entendam que, no fim das contas, isso é benéfico para elas.”

Substituir a bateria antiga dos modelos afetados deve recuperar a performance do telefone. O site da empresa informa que, no Brasil, serviços de reparo e troca da bateria fora da garantia custam R$ 499.

À BBC Brasil, a empresa informou que esse valor inclui o preço da bateria e a mão de obra, para trocas feitas por meio de seus canais próprios de atendimento ao cliente e lojas. “Em autorizadas, este valor pode variar de acordo com os impostos relativos à localização de cada estabelecimento”, afirmou a Apple.

Fonte: http://www.bbc.com/portuguese

Leave a Reply